Aprenda a ensinar os comandos básicos ao seu cão filhote

Ensinar os comandos básicos a um cão é muito importante e treinar um filhote é sem dúvidas mais fácil que treinar um cão adulto, já que os filhotes assimilam os aprendizados mais facilmente que os adultos, assim como acontece com os humanos.

Comandos básicos para cachorros
Os comandos básicos são o senta, deita, fica e vem, são os mais comuns e podem ser usados em alguma situação de necessidade, o que pode ajudar evitar incidentes se seu cão for bem treinado.

É importante ensinar esses comandos para evitar problemas como o se o seu cão se soltar da coleira em algum passeio, evitar que ele fuja ou se machuque, ou para poder cuidar melhor do cotidiano como pedir que ele sente enquanto você precisa fazer alguma atividade que ele não possa se envolver por segurança.

Persistência
Muitos tutores começam o treinamento dos comandos básicos e acham que é muito difícil, então acabam julgando que seu cão é bagunceiro e nunca vai obedecer e por isso avabam deixando de lado.

Filhotes são por natureza bagunceiros, eles não conhecem o mundo e por isso sentem curiosidade, seu cão não é burro, muito menos está fadado a ser desobediente. Ele só está sendo um cachorro, então será preciso ser persistente.

Não desanime se alguém disser que ensinou os comandos básicos em pouquíssimo tempo, assim como com os humanos, os cães tem aprendizado diferente e tudo depende da personalidade de cada cão e também do nível de agitação e da raça. Será preciso persistência.
Frequência

Não ache que se você repetir o processo todo fim de semana o seu cão vai entender, o seu filhote nem se quer vai lembrar da “aula” da semana anterior, é preciso repetir todo dia, pelo menos por 20 minutos e depois durante o cotidiano, pedir que ele sente, deite, fique e venha em momentos aleatórios para reforçar a lembrança.

Reforço positivo
O reforço positivo é sim o fato de dar o famoso petisco quando o cão acertar o comando, que geralmente é um biscoito ou algo industrializado, mas também pode ser um pedaço de fruta ou verdura que esteja na lista de alimentos permitidos aos cães.

Também acontece de um simples carinho, abraço e “bom garoto” ser um reforço positivo, mas o petisco unido ao carinho realmente surte mais efeito no início do treinamento, sendo que com o tempo pode ser completamente substituído pelo carinho. Assim que o cão acertar o comando o reforço deve ser dado para que ele assimile o que ele acabou de fazer a sua satisfação.

Entonação da voz
A entonação da voz é extremamente importante para que seu cão entenda que aquilo é um comando, assim como o “não” precisa ser firme e o carinho traz uma voz mais gentil e amorosa, os comandos devem ser firmes, não é para gritar e sim para ser claro e usar apenas uma palavra, nada de falar demais, apenas Senta, Deita, Fica, Vem.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como seu comportamento pode influenciar na personalidade do seu cão
Gestos aliados aos comandos

Os cães entendem muito bem os gestos por isso é importante usa-los para treinar seu cão nos comandos básicos. Durante o Senta é preciso erguer a mão acima da cabeça do cão e estica-la aos poucos para frente com o cão de frente para você, fazendo com que ele precise erguer cada vez mais a cabeça para ver sua mão e assim sente.

Para o Deita é sempre necessário ensinar antes o deita, pois o cão primeiro senta e depois deita tornando o processo mais fácil. Com o tempo e depois que ele aprender os comandos você pode pedir apenas que ele deite, durante o processo depois que ele sentar abaixe sua mão com o petisco na frente dele devagar fazendo com que ele deite para pegar o petisco, e repita esse gesto todas as vezes com o tempo será cada vez mais fácil.

Ensinar o Fica é um pouco mais difícil, afinal os cães, principalmente os filhotes, tendem a vir correndo até nós quando nos afastamos, é preciso ficar com a mão erguida como o sinal de pare para o cão enquanto se afasta, sempre que ele vir até você sem permissão retorne a posição inicial e persista até ele acertar, só então recompense-o.

Ensinar o Vem é mais fácil, mas alguns tutores de cães mais dispersos podem ter alguma dificuldade, depois que ele aprender o Fica o cão vai precisar saber que pode vir quando você chamar. Para os cães mais dispersos tente chamar primeiro o nome dele e depois o Vem, para que ele fique mais atento.
Nada de frustração

Seu cão não pode assimilar a situação de treinamento a algo ruim, por isso por mais que você queira que ele aprenda logo, nada de se frustrar, ficar irritado e até mesmo xingar o cachorro, não é seu cão o problema, o processo é realmente exigente em relação ao tutor que precisa ter muita paciência e persistência.

Fonte: R7 / Bichos

email
Deixe seu comentário: