Cães reagem de acordo com direção do abanar de rabos

Estudo publicado no jornal “Current Biology” aponta que os cachorros têm cérebro organizado de forma assimétrica, como os seres humanos.

A experiência realizada por pesquisadores italianos mostra que esses animais têm reações que variam de acordo com a maneira que outro cão abana o rabo.

Os pesquisadores monitoraram a reação dos animais quando eles assistiam a vídeos de outro cão abanando o rabo nas duas direções.

Quando o animal monitorado assistia ao outro abanando o rabo para a esquerda, aparentava ansiedade e seu batimento cardíaco acelerava. Já quando o animal do vídeo abanava seu rabo para a direita, o cão monitorado ficava mais relaxado. Foram exibidas tanto a silhueta do animal, como figuras mais verossímeis.

Em 2007, a mesma equipe de pesquisadores havia publicado outro estudo apontando que os cachorros balançam o rabo para a esquerda quando têm sentimentos negativos, como ao encontrar um animal hostil, e para a direita quando sentem emoções positivas, ao ver seus donos, por exemplo.

As duas pesquisas reforçam a hipótese de ligação entre a assimetria do funcionamento dos cérebros dos cachorros com o seu comportamento social. Mas os resultados não significam, necessariamente, que um cão balance seu rabo para um lado específico com o objetivo de comunicar emoções para outros cachorros.

Segundo Giorgio Vallortigara, um dos autores do estudo, o abanar do rabo provavelmente é uma resposta automática do que está acontecendo no cérebro desses animais. Se o órgão é ativado do lado esquerdo, provoca balançar de rabo para o lado direito. Se e ativação está na direita, implica em abanar para o lado esquerdo.

Fonte: Globo.com

email
Deixe seu comentário: