Como funciona o apadrinhamento de cães

Muitos apaixonados por cães querem fazer algo e não sabem como ajudar, às vezes já possuem muitos cães em casa, não tem mais espaço, ou não podem adotar cães, pois o restante da família não está de acordo.

Essas pessoas podem apadrinhar cães e ser madrinhas e padrinhos de cães em abrigos que precisam de assistência, se a ONG for na sua região melhor ainda. Saiba mais a respeito do assunto nesse artigo.

Apadrinhamento de cachorros
Para apadrinhar animais são muitos os projetos que você pode ajudar, muitos cães são abandonados ou até mesmo nascem nas ruas, os cães que conseguem ajuda vão para abrigos e são cuidados por ONGs que muitas vezes não possuem condições financeiras de manter todos os cães.




Para apadrinhar um cão você pode entrar em contato com uma ONG, próxima ou não da sua casa e escolher um dos cãezinhos, apadrinhar esse animal e ajudar com uma quantia mensal para ajudar na alimentação e medicação dos cães.

Como funciona o apadrinhamento de cães
A quantidade que é doada para ajudar varia de acordo com o que cada um pode dar e com o acordo feito com a ONG, é importante entender que cada projeto funciona de uma forma diferente e você pode escolher aderir aquele ao qual você poderá ajudar e com o qual se sente melhor.

Se o cãozinho apadrinhado ganhar um lar o padrinho ou madrinha é avisado e pode apadrinhar outro cãozinho. Vale ressaltar que o dinheiro arrecadado pelos padrinhos é usado na verdade para cuidar de todos os cães.




Doando tempo, jornal e outras coisas
Quem apadrinha um cão também tem a opção de ajudar o cãozinho indo até o abrigo e levando o cão para passear e até passar um tempo com cãozinho, tudo vai depender do acordo feito com o abrigo.

Sim, você pode doar jornal. As ONGs sofrem para proporcionar tudo que os cães precisam e com certeza não tem condições para comprar tantos tapetes higiênicos por mês, e você pode ajudar doando jornais para a higiene dos cães.

Doar brinquedos, roupinhas e outras coisas como medicamentos também ajudam muito as ONGs. Então também comprar um brinquedinho para doar ao comprar um novo brinquedo para o seu cão ou doar uma das roupinhas dos seus cãozinhos, pode ajudar muito a esses cães mais desamparados.




Alguns nunca são adotados
As ONGs e abrigos deviam na verdade ser um lar temporário para cães que sofreram até que encontrem um lar amoroso, infelizmente muitos cães nunca são adotados, seja por ter alguma doença, principalmente os deficientes, os cães mais velhos, já que as pessoas tem grande preferência por filhotes, e até por conta de preconceito com raça.

O apadrinhamento ajuda as ONGs a dar uma vida mais digna para esses cães e até a sensibilizar as pessoas para enxergar o quanto cães nas condições citadas acima também são animais adoráveis e maravilhosos.
Apadrinhando cães de rua

Infelizmente nem sempre é possível encontrar um lar para cães de rua, e muitas vezes as ONGs já estão tão cheias que não conseguem aceitar mais cães em situação de risco, caso cães da sua região estejam nessa situação e você não possa adotar, você pode apadrinhar esses animais. Já pensou nisso?

Casinhas, cobertores, fornecer potinhos com alimentação e água para esses cães pode ser uma ajuda gigantesca enquanto não encontra alguém disposto a adotar esses cãezinhos. Não é o ideal, mas para um cão sem nada, um carinho e ter o que comer é muito mais do que eles costumam ter.




Adoção responsável
A irresponsabilidade de muitas pessoas ao adotarem cães e depois abandoná-los também é um dos fatores para o apadrinhamento ser uma atitude tomada antes da adoção, isso por que ao apadrinhar um cão a pessoa pode tomar melhor a decisão de adotar.

Infelizmente são muitas as pessoas que adotam cães apenas no calor da ideia ou do pedido do filho, ou para dar de presente e depois a criança perde o interesse ou o cão adoece, e a pessoa resolve devolvê-lo ou o abandona-lo.

Por isso vale lembrar que cães adoecem, envelhecem e precisam de tempo e disposição, se você gosta de cães, mas não está disposto ou não pode lidar com essas situações então apadrinhar um cãozinho pode ser uma forma ainda melhor de ajudar um cão resgatado.

Fonte: Webcachorros
Foto: Reprodução

email
Deixe seu comentário: