Convivência entre cães macho e fêmea

U Milena Costa    t 11 de janeiro de 2018


A convivência entre cães pode ser ou não pacífica, muitos tutores acabam querendo adotar uma fêmea quando já tem um macho, por exemplo. E fica aquela dúvida, como será a convivência entre macho e fêmea? Será que vou ter algum problema?

Nesse artigo você aprende sobre a convivência entre cães de sexo oposto. Assim vai poder tomar suas decisões melhor e cuidar ainda melhor dos seus peludos. Sem problemas inesperados.

casal de cães

Brigas

No geral a convivência entre cães macho e fêmea é mais tranquila. Dois machos teriam mais chances de brigar pelo território.  A maioria das fêmeas, no entanto, aceita a territorialidade do macho.

Algumas fêmeas mais dominantes podem não aceitar essa territorialidade, e isso pode gerar brigas. Existem casos de machos que são submissos a fêmeas, mas isso é mais raro. O comum é que a fêmea não se importe.

cães no parque

Não castrados

Cães não castrados são mais difíceis de lidar. Você vai precisar separar os dois durante o cio da fêmea, e o macho pode se tornar mais violento nesse período. Devido aos hormônios querendo cruzar e por defender sua fêmea e seu território.

Vale ressaltar que a violência dos machos não será em relação à fêmea e sim a quem tentar afastá-la dele. Mas isso pode não acontecer, e mesmo tentando cruzar, o macho pode continuar dócil.

cães

A fêmea por sua vez, se não desejar cruzar, vai tentar se defender. Ela pode rosnar e até tentar morder, pode acontecer do macho sair machucado. Pois os machos tendem a não atacar as fêmeas e apenas se defender. Portanto a fêmea pode acabar machucando o macho.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como escolher entre macho ou fêmea

Lembre-se que os cães não castrados acabam fazendo o impossível para conseguir cruzar. Eles escalam muros, passam por frestas e podem se machucar, os hormônios mexem muito com eles. Você não vai querer manter seus cães acorrentados e ter esse estresse sempre que sua fêmea entrar no cio.

Castrados

A convivência entre cães castrados de sexo oposto se torna muito mais tranquila. Isso por que você não vai precisar se preocupar em separar os dois. O macho não vai incomodar a fêmea, afinal ela não terá mais cio, nem menstruação.

cães primavera

Sem os comportamentos causados pelos hormônios, tudo ficará mais tranquilo. Além de que você evita um ninhada indesejada, afinal é uma responsabilidade enorme que sua fêmea tenha filhotinhos.

Vale ressaltar aos que mais se preocupam em castrar que é um procedimento tranquilo, rápido e o cão se recupera em casa. Também vale lembrar para quem está prensando em cruzar seus cães, que é muito complicado ter uma fêmea grávida, ter filhotes em casa e ainda mais complicado cuidar para que tenham um bom futuro.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre razões para não cruzar seu cão

Cruzar cães demanda gastos financeiros bem altos, tempo e muito cuidado. Não é indicado que se faça isso em casa. O mais indicado é que seus cães sejam castrados e que cães sejam adquiridos com criadores responsáveis ou por meio de adoção.

Níveis de energia

cães correndo

As raças de cães tem níveis de energia diferentes, e fêmeas e macho no geral também são diferentes. Sendo que as fêmeas tendem a ser mais calmas enquanto os machos tendem a ser mais agitados.

Se os cães são da mesma raça, o comportamento acaba ficando mais parecido. Do que se você juntar uma fêmea de Cavalier King Charles Spaniel, e um macho de Labrador. Raças que respectivamente são mais calma e mais agitada.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como agir se seu cão se soltar da coleira

cães

Claro que isso também pode dar certo, mas o ideal é optar por cães de energia mais parecidas. Isso facilita a convivência entre cães, pois eles tendem a se entender melhor. Mais ou menos o que acontece com humanos, que podem ser mais festeiros ou mais tranquilos.

Como acostumar

O ideal é adotar o macho e a fêmea juntos, ou trazê-los para casa no mesmo momento. A convivência entre cães da mesma ninhada, ou seja, irmãos, é bem mais fácil. Se não acontecer assim, e você trouxer um novo membro, é preciso tomar alguns cuidados.

Leve o cão que já mora com você para passear antes, ao apresentar o novato, tente deixar os dois confortáveis. Por serem macho e fêmea, e principalmente se algum for filhote, o momento da apresentação será mais fácil.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como socializar um novo cão com outros animais em casa

cães

Será preciso se manter atento, fique de olho se seu antigo cãozinho está confortável no dia a dia. Cães enciumados, ou desconfortáveis com a presença de um novo cão podem ficar tristes e até parar de comer.

Busque manter uma boa rotina, tente levar os dois para passear juntos e associar a presença do outro a algo bom. Se você perceber que eles não estão se adaptando, procure a ajuda de um profissional que possa avaliar seu caso individual.

Artigos Relacionados


Fonte: Webcachorros

email
Deixe seu comentário: