Estudo indica que gatos são animais mais sociáveis do que pensávamos

Apesar da fama de independentes e antissociais, gatos valorizam mais a interação com os humanos do que imaginávamos. É isso que defende um estudo recente, publicado na revista “Behavioural Processes”, o qual mostra que esses animais preferem o contato com humanos dentre outros estímulos como comida, cheiros e brinquedos.

Dentro de quatro opções, os gatos analisados na pesquisa foram expostos a três estímulos diferentes: comida, interação social com seres humanos, brinquedo e cheiro.

O tempo gasto com cada estímulo foi registrado. A conclusão foi que cada gato variava suas opções, mas a maioria preferiu o estímulo que havia contato com humanos, sendo comida a segunda opção.

“Ainda é comum a crença de que os gatos não são especialmente sociáveis ou treináveis. Isso deve se dever, em parte, a uma falta de conhecimento sobre quais estímulos os gatos preferem e portanto estariam mais dispostos a trabalhar por eles”, afirma o estudo.

Leia mais em ANDA
Foto: Maxim Shemetov / Reuters

email
Deixe seu comentário: