Pets geram benefícios sociais e para a saúde

Donos de animais de estimação possuem conexões sociais mais fortes com seus vizinhos do que aqueles que não possuem pets, de acordo com um estudo recente da Universidade da Austrália Ocidental, em colaboração com o Centro de Nutrição Animal Waltham (Inglaterra), da Mars Petcare (Estados Unidos).

Tal pesquisa atesta que essas pessoas estão mais propensas a desenvolver uma relação de amizade e confiança, fortalecendo, assim, a tese de que ser tutor de um animal de estimação é um fator valioso e positivo na vida da comunidade e da vizinhança.




A noção de que os animais de estimação facilitam o relacionamento vai além do papel investigado deles serem um ‘quebra-gelo’ entre as pessoas, de acordo com a líder da pesquisa, Dra. Lisa Wood. “Estávamos interessados em saber até que ponto os pets facilitam as interações sociais e criam os laços que mantêm as comunidades unidas”, revela.

A pesquisa envolveu entrevistas com mais de 2.500 donos e não donos de animais de estimação em três cidades americanas (San Diego, Portland e Nashville) e uma cidade australiana (Perth). O estudo avaliou vários aspectos de vínculo afetivo tais como ajuda, amizade e confiança e foi o primeiro do gênero, de acordo com Lisa, a examinar os efeitos da socialização por meio dos animais de estimação em dois países diferentes.




“As associações mais fortes observadas para aqueles que passeiam com o cachorro, podem estar relacionadas com o papel da atividade ser uma maneira de aumentar a vigilância da vizinhança e as percepções de segurança dentro de uma comunidade”, afirma a pesquisadora. Em geral, segundo ela, os animais de estimação ajudam nos primeiros encontros entre vizinhos e, frequentemente, são assuntos para conversas.

Ser dono de um pet traz benefícios sociais e de saúde e há uma tendência crescente para que o impacto social dos animais de estimação seja levado a sério, como comenta a líder Científica da Interação Humana-Animal (HAI- Human-Animal Interaction) de Waltham, Sandra McCune. “O estudo acrescenta mais apoio a esta agenda e para o estabelecimento de cidades, municípios e acomodações petfriendly.

A disponibilidade de parques e espaços abertos adequados para passear com o animal é essencial para o bem-estar dos pets e para que as pessoas experimentem, por completo, os benefícios de ser tutor de um animal de estimação”, completa.

Fonte: Portal Vira-Latas, adaptado pela equipe Cães & Gatos / Vet Food
Imagem: Pixabay

email
Deixe seu comentário: