Psicologia Canina e como aplicar em casa

cão no colo do dono

Muitos tutores de cães não conhecem as bases da psicologia canina e acham que ensinar o cão a sentar vai resolver todos os seus problemas. Acontece que o buraco é mais embaixo. Cães assim como humanos sentem coisas, eles podem criar traumas, frustrações e manias provenientes de algo que viveram.

Daí não vai ser dar um petisco e ensiná-lo meramente a sentar que vai eliminar os comportamentos que são indesejados por você. É preciso ter muito cuidado e estudar um pouquinho para resolver os problemas. Confira algumas dicas da psicologia canina e como você pode aplicar em casa para cuidar do seu peludo.

Origens dos problemas comportamentais

cão lambendo dono

Os cães adquirem comportamentos a partir de experiências que viveram. Quando um cãozinho tem um comportamento indesejado o motivo é uma das três razões que causam problemas comportamentais.

  • Conflito
  • Frustação
  • Medo

Conflito, medo e frustração são as causas dos cães adquirirem comportamentos como latir excessivamente, por exemplo. Ou não gostar de estranhos. O cão pode ter medo de estranhos, ou pode estar frustrado por passar tanto tempo sozinho.

Então é importante que a causa do comportamento seja detectada antes de tentar resolver tudo com adestramento e técnicas elaboradas.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como ajudar cães em luto e sofrendo emocionalmente

Afeição

cão lambendo dono

Não são apenas os seres humanos que são seres sociais e afetivos. Os cães precisam construir relacionamentos, eles precisam da matilha e do contato e afeição com outros seres. Construir um laço afetivo com seu cão é uma das tarefas mais importantes para ajudar seu peludo a se tornar equilibrado.

Quem tem cão sabe que eles são extremamente carinhosos e afetivos. E mesmo os mais independentes não dispensam um carinho e adoram estar perto do dono. Os cães desenvolvem relações de pais e filhos com os tutores e por isso é extremamente importante construir uma relação de afeto e confiança com o cãozinho.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como começar o adestramento do seu cão

Socialização

cães no parque

Como foi falado, cães são seres sociais. Mas essa socialização não se resume apenas a você e as pessoas da sua casa e do seu círculo social. Os cães precisam conhecer desde pequenos animais e pessoas de todos os tipos possíveis, esse é um ponto crucial da psicologia canina.

Quanto mais gente e animais eles conhecem desde novinhos mais eles se tornam abertos para o mundo. Um cão pouco socializado não consegue ser equilibrado, ele desenvolve medo de estranhos. E pode desenvolver comportamentos negativos e até agressivos por conta do medo.

Mas tem como ajuda-lo. É importante que aos poucos esse cão adulto que não foi socializado comece a conhecer outras pessoas e animais. Sempre de uma forma segura e tranquila para ele se sentir bem com a nova experiência.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre consciência animal e como os cães são conscientes

Conheça o seu cão

cão e dona

Ta aí a melhor dica de todas. Conheça seu cão, como ele se sente em várias situações, o que ele gosta ou não gosta. Como ele reage a estímulos exteriores, do que ele tem medo. Saiba o que aquela rosnadinha quer dizer. Cães que rosnam ou latem não são violentos, essa apenas é a forma deles de se comunicar.

Se o cão já chegou adulto na sua casa é ainda mais importante conhecer a história dele. Saber o máximo de coisas pelas quais ele passou. Muitas vezes esses cães foram maltratados ou passaram muito tempo na rua.

Essas situações com certeza deixam marcas e fazem os cães desenvolverem certos comportamentos que podem ser negativos. Mas não se engane, esses peludos são especiais e merecem ser bem cuidados e amados. Com o tempo e dedicação é possível ajuda-los a se tornar equilibrados e muito felizes.

Aproveite para conferir também nosso artigo sobre como falar com os cães

Alimentação e exercícios

Psicologia Canina

Muitos comportamentos como possessividade estão ligados à comida. É importante que o cão se alimente bem e perceba que você dá a comida a ele e que não vai tirar a comida dele. Assim ele pode ficar mais tranquilo em relação a isso.

A alimentação balanceada também é importante para que o corpo do cão seja bem nutrido e saudável. Isso ajuda sim o cão a ser mais equilibrado. Assim como os exercícios são uma parte importante para o equilíbrio emocional do peludo.

Adestramento não é solução

Como começar o adestramento

Adestramento é importante sim, mas não é a única solução. A psicologia canina é essencial e o adestramento não vai resolver problemas comportamentais se você não lidar com a causa. Então antes de tentar resolver tudo com comandos, entenda seu cão e descubra o que incomoda ele. Assim você vai poder ajuda-lo a passar por isso e ser um animal mais tranquilo.

Fonte: Webcachorros

email
Deixe seu comentário: