Drogas Não Reduzem O Medo Do Seu Cão De Fogos De Artifício

2022-03-25

Como acepromazina reduz a pressão arterial dilatando pequenos vasos sanguíneos, às vezes é prescrito no tratamento precoce da laminite, a fim de diminuir o vasoespasmo, e possivelmente para melhorar a circulação dentro do casco. Acepromazine é um medicamento usado como sedativo e tranquilizante para animais. Na década de 1950, foi introduzido como um tratamento para esquizofrenia em humanos, mas seu uso foi rapidamente interrompido devido a efeitos colaterais graves e falta de eficácia. Hoje, só está disponível para uso em animais para condições como doença de movimento, sedação e ansiedade pré-operatória. Todos os anos, milhares de pessoas tomam medicamentos involuntariamente destinados aos seus animais de estimação. Eu recentemente tinha o meu cão fixo e mais tarde descobri que ele foi prescrito 'Ace' para se passar para fora depois de sair da cirurgia.

Embora seja usado como um medicamento anti-ansiedade, há indícios de que, embora possa estabilizar a função cardíaca, na verdade, não suprime a ansiedade. Em outras palavras, a mente de um cão ainda pode ser em pânico, mas seu corpo pode ser tornado incapaz de reagir. Enquanto sobre os medicamentos contra muitas vezes funcionam como sedativos, eles não tendem a ser muito ajuda na redução da ansiedade geral ou com problemas de comportamento. Anos atrás na clínica vet onde eu trabalhei, usamos acepromazina principalmente como um tranquilizante pré-cirúrgico, uma vez que um de seus benefícios estava diminuindo qualquer náusea que poderia ser experimentada a partir do gás anestésico. No entanto, um de nossos médicos também prescreveu para sedação e ansiedade, enquanto o outro médico preferiu Valium em vez.

A droga também pode ser enviada para casa como uma medicação oral e dada a um cão minutos antes de eventos como a preparação, uma visita de veterinário ou viagem de carro. Mais recentemente, sedativos como dexmedetomidina foram anunciados para vets e donos de cães para cães temerosos, mas estes podem representar riscos graves de saúde mesmo em doses baixas – por exemplo, reduzindo a quantidade de sangue sendo bombeado em torno do corpo. Na verdade, a Pequena Fórmula Animal afirma que a suplementação de oxigênio é aconselhável ao administrar essas drogas em todos os animais. Acepromazine é um dos tranquilizantes mais comumente usados para cavalos. Pode ser usado sozinho ou em combinação com outros medicamentos sedativos, como xylazine, detomidina ou butorphanol.

  • Para alguns cães de skittish, particularmente em áreas urbanas onde a construção, as celebrações ou as multidões tendem a ser grandes e caóticos, mas previsíveis, a medicação proporciona uma influência confiantemente calmante.
  • Hoje, só está disponível para uso em animais para condições como doença de movimento, sedação e ansiedade pré-operatória.
  • Não foi escrito em sua fatura em absoluto, fomos informados de que ele foi dado um sedativo, mas não sabia que um.
  • Pode ser usado em conjunto com a atropina como um medicamento pré-operatório para a ansiedade e para seus efeitos antidisrítmicos.

Essas reações podem ser causadas por qualquer um dos cenários descritos acima. Acepromazine é usado para acalmar cães que têm baixa tolerância para ruídos súbitos, altos, como aqueles ouvidos durante exposições de fogos de artifício e tempestades, para suprimir a doença de viagem, e para matar a agressão para animais em situações sociais não familiares ou ameaçadoras. Cães agressivos e/ou temerosos apresentam vários desafios para o praticante de pequenos animais.

Compreender como o procedimento é realizado pode ajudar um proprietário nesta decisão. Também pode ajudar um proprietário a decidir se deseja estar presente durante a eutanásia. Inicialmente, um animal de estimação é feito o mais confortável possível.

2,three,5 No contexto agudo, a sedação após a administração gabapentina é muitas vezes profunda. Isso faz da gabapentina um agente perfect para usar sozinho, ou muitas vezes em combinação com acepromazina, como parte de um protocolo de sedação pré-hospital no paciente do cão desafiador. Os proprietários precisam estar cientes de que seu animal de estimação muitas vezes aparecerá consideravelmente mais sedate em casa. Supervisão em escadas e entrar e sair do carro deve ser recomendado para clientes com gabapentina sozinho ou em combinação com outros sedativos. Além disso, cada medicamento para uso doméstico deve ser discutido com o proprietário em termos de risco do paciente e o que esperar em casa.

Alguns veterinários estão relutantes em prescrever acepromazina para a ansiedade de viagem quando o animal pode ser exposto a extremos de temperatura, como durante a viagem de avião ou quando pode haver acesso limitado a cuidados veterinários. Outras drogas usadas para a ansiedade/doença de movimento incluem meclizina, diphenhydramine e diazepam. Ocasionalmente, os animais podem ter uma resposta paradoxal à acepromazina e ficar animado ou agressivo. A acetpromazina faz parte da classe fenoteiazina de sedativos e tem uso generalizado dentro do mundo veterinário principalmente durante o período perianesthetic.

Alguns veterinários realizarão o procedimento em casa de um animal de estimação. Se o animal é trazido ao hospital, os veterinários muitas vezes escolheram uma sala tranquila onde o animal se sentirá mais à vontade. Às vezes um sedativo suave ou tranquilizante é dado pela primeira vez se o animal parece ansioso ou doloroso. Freqüentemente um cateter residente é colocado na veia do animal de estimação para garantir que a solução de eutanásia é entregue rapidamente. A solução de eutanásia é geralmente um barbiturado- a mesma classe de drogas usadas para anestesia geral. Em uma dose muito maior, esta solução fornece não apenas os mesmos efeitos que a anestesia geral, mas suprime os sistemas cardiovascular e respiratório.

Também é usado como um medicamento anti-ansiedade pré-operatório para cães que experimentam grande ansiedade ou agressão em escritórios de veterinários. Gabapentina é um agente antiepiléptico, ansiolítico e de gestão da dor amplamente utilizado em seres humanos e mais recentemente usado em medicina veterinária para terapia da dor crônica. O mecanismo exato de ação da analgésia é desconhecido, mas postulado devido à interação com os canais de cálcio portão de tensão.

Não foi escrito em sua fatura em absoluto, fomos informados de que ele foi dado um sedativo, mas não sabia que um. Mais tarde naquele dia ele completou atacou minha irmã e eu e eu começamos a pesquisar os sedativos lá fora. Depois de lê-los eu liguei o veterinário de volta e perguntei o que eles lhes deram e ele disse 'Ace'. Perguntei-lhe porque é que aquele sedativo e ele disse porque estava a destroçar e a fazer barulhos.

Como a solução é injetada, o animal perde a consciência e dentro de minutos o coração e os pulmões param de funcionar. Uma vez que o animal de estimação não está consciente, eles não sentem nada. Na maioria das vezes, o animal passa tão suavemente, que é difícil dizer até que o veterinário ouve a ausência de um batimento cardíaco.

Pessoalmente, nunca gostei de usar essas drogas para ansiedade, já que, como Vet Tech, sabia que havia sempre riscos. Para mim, a modificação de comportamento e a dessensibilização sempre fizeram mais sentido, se fossem opções para o paciente. Como essas inovações, a acepromazina emblem caiu do favor médico como um tratamento para os seres humanos. Foi demasiado imprevisível em suas ações, e pacientes em ensaios clínicos desenvolveram vícios para ele.

Eu estava muito chateado que eu não foi dito ou perguntado se isso estava bem para dar-lhe. No dia seguinte, tornou-se mais ele mesmo e um pouco mais alerta conosco. Temos também um furão tão claro que as nossas preocupações foram extremamente elevadas. Só queria que nos dissessem isso chamado 'Ace' e na verdade conversavam com o veterinário que pré-formava o procedimento em pessoa. Este medicamento nunca deve ser autorizado a ser administrado após sair da cirurgia ou ansiedade. A droga também prejudica a função motor e funções auto-reguladoras, incluindo temperatura corporal e tempos de reação.

Estes pacientes são difíceis de avaliar totalmente e apresentar um risco de segurança para a equipe clínica, veterinário, e às vezes até mesmo o proprietário. Além disso, um cão nervoso contribui para aumentar o estresse dentro da área de trabalho que afeta não só as pessoas, mas outros animais de estimação iguais. Em cães conhecidos por serem agressivos dentro do ambiente hospitalar ou com tremendo medo/ansiedade, fazendo exames físicos e avaliação básica impossível, a sedação pré-hospitalar pode melhorar drasticamente a experiência para todos os envolvidos no cuidado desse paciente.

Enquanto a droga tem propriedades sedativas, pesquisadores descobriram que a droga não aliviava os sintomas tanto quanto mascarou-os. No last da década, estudos clínicos estavam concluindo que a acepromazina era ineficaz, e possivelmente perigosa, para os seres humanos. Alguns cães realmente obter muito reativo a ruídos enquanto em Acepromazine.

Drogas Não Reduzem O Medo Do Seu Cão De Fogos De Artifício
Drogas Não Reduzem O Medo Do Seu Cão De Fogos De Artifício

Alvo em Foco

Autor

Importante: este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes